Britagem para reciclagem

Com as legislações ambientais cada vez mais restritivas, há uma crescente pressão mundial para o uso de agregados britados feitos a partir de RCD resíduos da construção e demolição ao invés de agregados naturais de rochas ou cascalhos.

Reciclagem de resíduos da construção civil e demolição (RCD)

Há uma necessidade de se construir com produtos feitos de materiais reciclados e que não se contrapõem com os da construção feitos com agregados de rochas naturais ou cascalhos. Com o aprimoramento das normas de agregados de material britado reciclado. Os clientes estão buscando britadores móveis que sejam confiáveis, fáceis e econômicos de manter, com mais baixo custo/tonelada.

Um número crescente de projetos de processamento de material (RCD) situa-se em centros de cidades, em que as distâncias de transporte para plantas de processamento podem ser longas, tornando o transporte um negócio caro. A fiscalização desses materiais também pode ser tornar caro, já que os custos de despejo em aterros são sempre crescentes e o impacto ambiental é inevitável. Com os preços de metais aumentando constantemente, é muito importante que nossos clientes sejam capazes de processar materiais com eficiência de modo que todos os metais possíveis possam ser coletados para uso posterior, resultando numa menor necessidade de uso de metal de matéria-prima e maiores lucros. 

Reciclar é a solução rentável e ecologicamente correta

Com a necessidade de novas alternativas ambientalmente sustentáveis e econômicas para britagem de material reciclado, especialmente em locais menores, as plantas de britadores de mandíbulas móveis Metso Lokotrack® LT96 ™ e Lokotrack® LT106 ™, assim como as plantas de britadores de impacto móveis Lokotrack® LT1110(S)™ e LT1213(S) ™, são projetadas especialmente para atender a esses requisitos.

Com a britagem acontecendo no local, os custos de transporte e combustível diminuem drasticamente, reduzindo emissões e tornando a britagem mais rentável. O benefício adicional de reduzir os resíduos leva a uma menor necessidade de novos espaços para aterros de despejo e menor consumo de matérias-primas.

As plantas britadoras móveis de mandíbulas Lokotrack® (LT96 ™ e LT106 ™) e de impacto (LT1110(s) ™ e LT1213(s) ™) da Metso são equipadas com um separador magnético sobre a correia transportadora para separar metais do produto final. As plantas de britagem de impacto Lokotrack® são também equipadas para britar asfalto em climas mais quentes.

Durante a britagem de materiais reciclados, frequentemente podem ocorrer problemas com objetos não britáveis, como escória ou vergalhões ou arames  de aço. As plantas britadoras de mandíbulas Metso Lokotrack® estão disponíveis com um sistema opcional Active Setting Control (ASC). O sistema altamente avançado atua como um ajuste automático de regulagemque assegura que objetos não britáveis possam sair da câmara de britagem sem afetar o processo. Essa função possibilita a britagem contínua e também protege o britador de sobrecargas extremas. O Active Setting Control é fruto da engenhosidade de nossos engenheiros e somente está disponível na Metso.

Com as plantas de britagem de mandíbulas e de impacto Metso Lokotrack®, os resíduos (RCD) podem ser transformado em produtos vendáveis ao mesmo tempo que se preserva o meio ambiente.

A escolha econômica e ecológica

Energia Verde

Fonte de cascalho e areia preservadas e com menos emissões

Minerais

Menor consumo de matéria-prima

Economia

Menor necessidade de transporte e nenhum custo de despejo em aterros

Reciclagem

Torna-se rentável