Publicado abr 18, 2017

Atualização transforma "resíduos" em areia manufaturada de alta qualidade

A necessidade global de limitar o uso de recursos naturais aumentou a demanda por areia manufaturada de alta qualidade no México e em outros países. A Gravase, maior produtora de agregados na região central do México, enfrentou o dilema de não atender a demanda do mercado por areia manufaturada. Depois de um projeto de atualização com a Metso, a empresa conseguiu atender a demanda e até estocar areia em sua planta.

A Gravase é a maior produtora de agregados na região central do México. A empresa está localizada em Guadalajara, com duas pedreiras na mesma cidade: Poncitlán e Santa Rosa. A empresa foi fundada em 2004 e tem pouco mais de 100 funcionários, o que a torna uma grande empregadora na área. Produz um total de cerca de 3,3 milhões de toneladas de agregados por ano.

Há alguns anos atrás, a empresa enfrentou um dilema: eles não conseguiam atender a crescente demanda do mercado por areia manufaturada e, ao mesmo tempo, tinham um grande estoque de material em excesso sem valor de mercado.

A empresa decidiu lançar um projeto de atualização para aumentar a produção de areia manufaturada, melhorando também a qualidade da areia produzida. Esse projeto foi concluído em 2015.

Atendendo a demanda do mercado

A necessidade global de limitar o uso de recursos naturais aumentou a demanda por areia manufaturada de alta qualidade no México e em outros países. Há pouca disponibilidade de areia natural no México, por isso, ela é regulada pela Comissão Nacional da Água. Além disso, a logística torna o transporte de areia natural caro. Os depósitos estão localizados perto do mar, aumentando os custos de produção.

A areia é usada como matéria prima em uma variedade de materiais, incluindo concreto e asfalto, e sua qualidade é muito importante. Por exemplo, a quantidade de finos na areia afeta o desempenho do concreto e do asfalto. A qualidade da areia natural não pode ser controlada e a quantidade de finos é imprevisível.

Por essa razão, a areia manufaturada está se tornando uma nova tendência nos negócios de agregados no México. Ela é versátil e o equipamento certo pode produzir diferentes especificações de areia.

Rebritagem para maximizar a produção e a lucratividade

Com isso em mente, a Gravase escolheu a Metso como sua parceira no projeto de atualização. O objetivo claro da atualização era potencializar a produção da planta para obter o custo mínimo por tonelada, maximizando a receita e a lucratividade. Para a Gravase, o objetivo do projeto era produzir um produto de alta qualidade com valor agregado para seus clientes, especialmente areia manufaturada para concreto e asfalto. Fazia sentido começar a rebritar o excesso de produto, para o qual não havia demanda de mercado (12 mm X 4,5 mm), e convertê-lo em areia fabricada, com uma demanda muito alta e um valor muito maior para o cliente.

A solução foi atualizar o processo da empresa com britadores de rolos de alta pressão HRC™ 800. A empresa utiliza exclusivamente equipamentos Metso em sua planta e sua frota inclui um britador de mandíbulas Nordberg® C145 e britadores cônicos HP400 e HP300. A planta também possui quatro peneiras Metso PREMIER CVB™ e PREMIER TS™, dois britadores Barmac® B7150 VSI e um HRC800.

Solução ideal para um problema antigo

De acordo com Ignacio Gonzalez, CEO da Gravase, a Metso provou ser a melhor escolha graças ao profundo know-how que possui do processo e sua solução única e ideal para um velho problema: a conversão de um produto não comercializável em areia fabricada de alta qualidade.

O Gerente da Planta da Gravase diz que a principal razão para optar pelo HRC800 da Metso foi a confiança. Trabalhar com um distribuidor local da Metso foi fácil e a Gravase até obteve condições especiais de financiamento para facilitar o investimento. A Metso foi mais do que apenas o fornecedor de equipamentos: ela também ofereceu especialização e treinamento em segurança e meio ambiente.

"Juntamente com os especialistas da Metso, fomos capazes de transformar uma pilha de material de 'refugo' em um produto que realmente tem uma grande demanda no mercado. Agora somos capazes de produzir diferentes tipos de areia com base nas necessidades dos nossos clientes", diz Ignacio Gonzalez.

Desde que colocou o HRC800 da Metso em funcionamento, a empresa conseguiu atender a demanda do mercado de areia manufaturada e até conseguiu manter estoque de areia em sua planta. Com o HRC800 da Metso, a Gravase agora é capaz de produzir 80 toneladas a mais de areia por hora do que anteriormente. O ponto principal é que a empresa foi capaz de maximizar a produção da planta para obter o custo mínimo por tonelada e aumentar a receita e a lucratividade.

Produtos relacionados