Altas pressões proporcionam um grau mais elevado de separação das fases líquida e sólida.

Características

  • A prensa tubular da Metso é totalmente automática, gerando grande economia em custos de mão de obra.
  • A prensa tubular economiza energia, reduz o impacto ambiental e torna seu processo produtivo.
  • Alta disponibilidade
  • Adaptável ao processo
  • Fácil expansão

Benefícios

  • Tortas sólidas mais secas possíveis
  • Máxima redução de volume
  • Filtrado excepcionalmente límpido
  • Lavagem de torta
  • Secagem ao ar livre

Visão geral do processo

A prensa tubular da Metso é dos tipos membrana totalmente automática e cilindro, operada hidraulicamente com água em pressões de até 100 bar, conforme o modelo. Esse equipamento é projetado para filtrar polpas com partículas extremamente finas, produzindo um torta de filtração com teor de umidade muito baixo em comparação com outros equipamentos de desaguamento mecânico disponíveis comercialmente.

O desaguamento mecânico “tradicional” frequentemente deixa o torta muito úmida ou pegajoso para ser efetivamente manipulado e geralmente demanda tratamento posterior, como secagem térmica.

A prensa tubular da Metso efetua o desaguamento da polpa de forma automática e econômica, produzindo um filtrado límpido e tortas adequados ao manuseio para armazenamento imediato ou descarte, sem necessidade de secagem térmica.

Princípio de operação

A filtração ocorre entre dois cilindros concêntricos. O cilindro externo é a carcaça, e o interno é a vela do filtro. A polpa do processo é bombeada no espaço anular entre o meio filtrante e a membrana da bexiga.
Em seguida, o fluido hidráulico, geralmente água, é bombeado entre a membrana da bexiga e a carcaça, pressurizando a polpa e resultando na filtração.
Quando a filtração é finalizada, o fluido é removido até que a membrana da bexiga se dilate contra a carcaça. Então a vela do filtro é abaixada para a posição de descarga e um pulso de ar é injetado entre a vela e o meio filtrante. Isso faz com que o tecido do filtro se expanda, fraturando o torta, que é descarregado por gravidade.
Ao final, a vela do filtro é elevada para a posição de abastecimento de polpa para repetir o ciclo. Uma purga de ar pode ser incorporada ao ciclo. No término do ciclo de filtração, o fluido de lavagem é bombeado opcionalmente entre o torta e a membrana da bexiga, e então é forçado através do torta por uma aplicação adicional de pressão hidráulica a ser incorporada ao ciclo.

Especificação
SC500 1,2m/75
Volume da câmara tubular: 75 litros Área do filtro m²: 1,35 Pressão máxima 100 Bar  
SC500 1,5 m/100
Volume da câmara tubular: 100 litros Área do filtro m²: 1,73 Pressão máxima 100 Bar  
SC500 3m/200      
Volume da câmara tubular: 200 litros Área do filtro m²: 3,45 Pressão máxima 100 Bar  

Produtos vistos anteriormente