Direitos Humanos

Nossas políticas e comprometimento criam as bases para a nossa abordagem de respeito aos direitos das pessoas empregadas em nossa cadeia de valor e nas comunidades em torno dos nossos negócios. Já integramos os direitos humanos aos valores, avaliações, processos e procedimentos da Metso. Nossa Auditoria Interna visita regularmente todos as plantas escritórios da Metso, e é responsável por informar quaisquer violações aos direitos humanos encontradas.

Queremos promover a igualdade de oportunidades e a diversidade entre nossos funcionários. Os direitos humanos da cadeia de fornecimento são um desafio reconhecido mundialmente e algo que a Metso leva muito a sério. A Metso possui uma rede global de milhares de fornecedores e precisamos ter a certeza de que eles se comprometem com os mesmos padrões elevados que estabelecemos para nós.

Ao aprofundar o conhecimento sobre os direitos humanos, a Metso está trabalhando para não causar ou contribuir para impactos adversos aos direitos humanos direta ou indiretamente associados às nossas operações. A ambição que temos de respeitar os direitos humanos em nossas operações aguça o nosso foco na criação de princípios operacionais melhores para toda a Metso e de uma cultura de sustentabilidade.

Em 2015, começamos uma avaliação de impactos aos Direitos Humanos com base nos princípios orientadores das Nações Unidas sobre Direitos Humanos. Foi realizada uma análise de lacunas baseada nos princípios orientadores, bem como uma avaliação de mão de obra nos seis países considerados mais arriscados em questões de direitos humanos. Vamos continuar a nossa avaliação e apresentar no futuro um relatório sobre os resultados.

Também realizamos um mapeamento de riscos no qual buscamos identificar os fornecedores mais arriscados. Um dos critérios importantes refere-se aos direitos humanos. Nele, os fornecedores são auditados com a ajuda de terceiros.