Blog: Conhecimento digital Metso
Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

Blog: Robótica - oportunidades de produção tendo o valor como produto final

Ao introduzir os robôs na produção, a Metso se posiciona um passo à frente na customização de sua oferta. Porém, nada disto seria possível sem o correto conhecimento de fabricação digital.

Atualmente, a robótica é um dos setores com o crescimento mais rápido do mundo. Os robôs já estão sendo usados em transporte, medicina e educação. Na Metso, os robôs foram introduzidos e testados na fabricação de peças de desgaste e reposição já no início do ano 2000, muito antes da “revolução” de hoje em dia. Desde então, sua utilização complementou a produção permitindo novas maneiras de operar. 

Os robôs permitem às fundições utilizar tecnologia não padronizada, o que não só melhora os prazos de entrega e reduz os custos, mas também aumenta a flexibilidade na produção. Nas fundições tradicionais, cada produto fundido requer a fabricação de um molde padrão, porém os robôs podem criar um molde de areia muito mais rápido e de forma mais inteligente já que não é necessário dispor de um padrão.

Cada molde feito por um robô pode ser customizado individualmente. Desta forma, um novo negócio se desenvolveu ao redor da customização—e isto é o que a digitalização representa— mudou os atuais modelos de operação em toda a cadeia de valor para oferecer novas soluções e geradoras de valor.

A harmonia entre tecnologia e cliente tem tido um impacto importante na produção de peças de desgaste robustas para britadores primários. Embora tenham sido tradicionalmente vistos como adequados para produzir grandes lotes, os robôs também podem customizar moldes massivos de maneira flexível em menor tempo permitindo-nos, assim, satisfazer as diversas necessidades dos clientes. 

Fabricação digital: rompendo barreiras

Foco no cliente é uma das iniciativas obrigatórias da Metso e para o sucesso nessa área foi essencial a implementação global dessa tecnologia nas outras fundições da Metso. Quando o prazo de entrega é crítico, os robôs disponíveis localmente somente necessitam a informação digital do produto para realizar a tarefa.

Mas o produto físico é apenas a ponta do iceberg. E os robôs são apenas uma parte da fabricação digital, que abrange desde o projeto, a entrega e os serviços, ao controle de qualidade e outras formas de reunir e utilizar os dados.

No final das contas, as máquinas somente cumprem ordens. Sem o conhecimento das pessoas, o destino dos robôs seria enferrujar em um canto. Tirar o máximo de valor da fabricação digital requer curiosidade para expandir os horizontes e para unificar todo o processo. E é justamente aí onde se encontram os desafios e as oportunidades de futuro.


Blogger

Ilkka Rytky

Gerente geral, Engenharia

Seus comentários são bem-vindos

Metso no Facebook

Metso no Twitter